quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Postado por Neyma às 12:47 2 comentários
Quem já foi ao restaurante Alemão em Itu sabe o que é aquele  MARAVILHOSO filé à parmegiana que servem lá. Pra mim é o melhor bife à parmegiana. Minha irmã descobriu a receita na internet, com vídeo e tudo e fez. Ficou igualzinho e segundo ela o sabor ficou idêntico. Vale a  pena experimentar!!! Veja abaixo como fazer.


Ingredientes
  • 600g  de filé mignon limpo,  batido com  filme plástico para ficar bem nivelado
  • 2   kg de tomate maduro e firme (deixar inteiro para ir a panela)
  • 200g de manteiga
  • 4  ovos para empanar o bife
  • 100g de farinha de rosca
  • Óleo de girassol suficiente  para fritar
  • 150g de  queijo prato fatiado
  • 120g de queijo parmesão - não pode ser aquele de saquinho ;)



Molho
Coloque os  tomates para ferver  em água.  quando estiverem amolecidos, bata no liquidificador e 
penere. Leve  ao fogo  até levantar fervura. Então acrescente a manteiga e o sal. Deixe reduzir por aproximadamente 10 minutos e reserve.

Filé
Divida ao meio o  filé e em cada pedaço faça um corte ao meio, sem chegar ao final, cubra com um pedaço do filme plástico e em seguida  bata nas laterais até que fique  bem  fino.

Bata  os ovos,   passe  os filés nos ovos e em seguida  na  farinha de rosca, batendo bem para que a farinha grude bem na carne. Frite em óleo quente.  Para saber se a temperatura do óleo está boa, coloque um pouco de farinha de trigo e quando ferver, está no ponto certo para fritar. Retire  o filé empanado, cubra com queijo prato, acrescente o molho quente para que derreta  o queijo e polvilhe o parmesão.

VOCÊ SABIA?
Poucas pessoas sabem, mas o Filé a Parmegiana é um dos pratos mais pedidos por brasileiros nos restaurantes do país. Ninguém sabe ao certo a sua origem (apesar do nome que aponta a cidade de Parma como ponto aonde teria surgido, mas a verdade é que na Itália não há registros de tal prato e em locais como a Argentina ele ganha o nome de "Filé a Napolitana") e muitas são as receitas para o seu feitio, sendo que algumas desprestigiam os elementos que compõem o prato. No Nordeste ele é acompanhado com macarrão e molho ao sugo, no centro-oeste com arroz e purê e nos demais estados existem variações destes dois modelos (com batata frita, bacon, queijo parmesão ralado etc). Independentemente de regionalidades, a boa receita para este prato é aquela que leva em conta cada detalhe e principalmente a combinação final destes, dando a alma verdadeira desta iguaria. 
Fonte:comunidade.bemsimples.com/cozinha/w/cozinha/O-VERDADEIRO-FIL_C900_
-A-PARMEGIANA

Reações:

2 comentários:

Anônimo disse...

Oi Neyma,
Obrigada pela receita. Queria me certificar que é usado 1,6 kg de manteiga?
Você saberia também nos dizer qual é o segredo daquele famoso molho de pimentinha do restaurante alemão de Itú Steiner?
Obrigada e um abraço
Cris

Anônimo disse...

Sao 160 gramas de manteiga!