segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Postado por Neyma às 13:38 17 comentários
Há dez dias mais ou menos, recebi de Mari, minha linda e bem humorada amiga, este desafio do dia das Crianças e desde ja peço desculpas por ter demorado tento para posta-la. Mas, como ainda estamos no mes de outubro, espero que ainda esteja valendo.
Desde que recebi este desafio...vieram tantas ideias e lembranças a minha cabeça, fiz uma viagem no tempo e foi muito dificil resolver qual receita fazer...pois são tantas que me lembram infancia...
Agora, um acontecimento bem chato acabou por resolver por mim o que postar. Meu filho foi internado com calculo renal, fez uma cirurgia e agora esta bem. Com a doença e internação dele, me veio a ideia de fazer umas empadinhas de leite condensado e levar para ele no hospital. Ele sempre adorou estas empadinhas, que estão em nossa familia desde que me entendo por gente. Enquanto fazia a receita parecia que estava vendo minha vózinha enchendo as forminhas com a massa, eu adorava observá-la cozinhando e sempre ajudava.

O desafio tem 5 regrinhas, bem simples:

Albúm de figurinha - Colocar o selinho da brincadeira no post;

Hora do Recreio - Contar qual era a melhor brincadeira de criança da sua infância;

Brincando de Casinha, ou melhor, de Cozinha - Escrever a receita que fazia o maior sucesso na sua infância;

Passa passa 3 vezes - Escolher 3 blogs e chamar as amigas (ou os amigos) para brincar;

Telefone sem fio - Informar para os blogs escolhidos sobre o desafio que mais parece uma brincadeira de criança...

HORA DO RECREIO: Quando lembro de brincadeiras de infancia, me vem parte de minha infancia passada em Curitiba, as ferias passadas na casa Vó Mindoca, com toda a criançada da familia e também a casa da Vó Yara, mãe de meu pai. As brincadeiras no Grupo Escolar Barão do Rio Branco eram muita Amarelinha, pular corda, brincadeiras de roda e "Eu com as quatro", ja brincaram? Quatro meninas iam batendo com as mãos:

"Eu com as quatro,

Eu com ela,
Eu com ela,

Eu por cima,
Eu por baixo"

Na casa da Vó mindoca, na Ilha do Governador, íamos a praia, pescar marisco e siri, que cozinhavamos depois, brincávamos no"Bloco de sujo" no Carnaval e muito banho de mangueira.
Na casa da Vó Yara, tinha um quintal bem grande, subíamos na goiabeira, dávamos bertalha para as galinhas e brincavamos muito na terra.

BRINCANDO DE COZINHA: Quando lembro de comidinhas da infancia, me vem tantas lembranças, sempre de minha Vó Mindoca, uma cozinheira MARAVILHOSA. Manjar branco, brioche de queijo e presunto, arroz doce, galinha ao molho pardo, sonho de banana, pão de batata, doce de banana e empadinha de leite condensado, presença obrigatoria em todas as festas de aniversario. Aqui vai a receita:


EMPADINHA DE LEITE CONDENSADO
Ingredientes:

  • 300g de farinha de trigo
  • 100g de margarina
  • 1 lata de leite condensado


Modo de preparo:

Amasse a farinha com a margarina e forre as forminhas de empada. Faça furos na lata de leite condensado e encha as forminhas, deixando uma borda de meio centimetro.

Leve ao forno para assar, até que esteja dourado. Deixe esfriar e sirva. Hummm...delícia!!

Agora passo o desafio do "Mês da Crianças" para:

Reações:

17 comentários:

Mari Azevedo disse...

Neyma minha linda,
Ai que delicia conhecer um pouquinho mais de você com essa brincadeira!!! Quantas lembranças lindas você tem da vó Mindoca! Eu também tenho muitas, da Vó Mariinha (que já faleceu, infelizmente) e da vó Lili, que hoje é uma senhorinha fofissima, de 91 aninhos.
Empadinhas de leite condensado? Aiaiai, que maravilhaaaaa!! Vou fazer em casa, vai ser sucesso garantido!!!
Beijão minha flor!!

Gina disse...

Neyma, querida, adoro os posts que falam de lembranças boas. Endosso as palavras da Mari, porque gostei de te conhecer mais um pouco.
Não sei se terei tempo para postar o meu desafio e repassar, porque tenho outros agendados até o final do mês (só faltam 4 dias!!), mas vou tentar. De qualquer jeito, muito obrigada pela lembrança.
Tenho certeza que seu filho melhorou mais rápido por causa do seu agradinho.
Bjs.

Paula disse...

Que bom que o Paulo está bem!!! Fiquei esperando vc me dar notícias... Depois vc fala que só eu sou furona!!!
Ele já teve alta? Senão vou visitá-lo para provar uma empadinha destas! RsRSrS...
Brincaderirinha...
Os momentos descritos por vc da sua infânica me criaram imagens maravilhosas!!! Visualisei todo mundo, bem novinho correndo para lá e para cá...
Fique com Deus!!!

Nana disse...

Linda,

essa idéia é minha hehehe
Eu que criei essa brincaderinha hehe
http://mangacompimenta.blogspot.com/2008/09/desafio-de-criana.html

Obrigada por me passar!
Adoro vc!!
Kisses

Neyma disse...

Linda Mari,
Foi muito bom relembrar a infancia e sua magia...adorei!!
Beijinhos

Gina querida,
Caso não possa postar não tem problema, mas só relembrar a infancia ja vai ser bom, tenho certeza.
Beijinhos

Paula amiga,
Desculpa, mas foi tudo meio tumultuado.
Beijinhos

Nana queridissima,
Hahahahahaha!!! O que vai volta...viu? Essa foi boa!!
Aproveito então para dizer que esta ideia foi maravilhosa!! Parabéns!!!
Beijinhos mil

Téia disse...

Oi Neyma querida, você é fôfa desde a infância, né? Adorei saber um pouco mais de você, sua vida, esta receita deliciosa, ai, ai, e quero desejar um restabelecimento rápido e sem grande dores para o pequeno. Imagino que seu coração tenha ficado doído. Ó, sempre digo: devia ser proibido por lei uma criança ficar doente. Bj grande amiga.

Neyma disse...

Téia minha linda,
Obrigada pelas palavras sobre meu filho, mas apesar de para mim continuar sendo criança...ele ja tem 30 anos e 1 ano de casado.
Bem...mas para nós os filhos são eternas crianças, não é mesmo?
Muitos beijinhos

ameixa seca disse...

A infância é uma linda etapa... maravilhosa!
Muito bom recordar :)
Essas empadas parecem fáceis de fazer e deliciosas!

mesa para 4 disse...

Adorei estas tartes e bem faceis de fazer...beijinho

Andrea Dohashi disse...

São tempos tão bons e infelismente não voltam mais...
Mas ainda bem que nos restam as lembranças e essas ninguém pode apagar, não é mesmo? E também as receitinhas da nossas vovós. Eu não cheguei a conhecer as minhas uma pena! Mas essa receita, prefiro não comentar... rs
Beijos.

Nana disse...

Querida!
Me envia um email por favor, intercambioculinaria@gmail.com, tenho uma portuguesa para indicar a ser par nessa cozinha.
Funciona assim, vocês trocam receita tipicas (vc manda para ela do Brasil e ela de Portugal) e falo uma data para publicar.
Aceita?!
Diz que sim hehehe
Bjs

Gina disse...

Neyma, voltei pra dizer que não resisti ao convite para participar da brincadeira e fiz o post. Venha conhecer um pouquinho da minha história.
Bjs.

Neyma disse...

Ameixa minha querida,
Foi uma delicia recordar a infancia, as brincadeiras e principalmente as comidinhas da Vó Mindoca.
Essas empadinhas são facilimas, rapidas, deliciosas e fazem o maior sucesso!!
Beijinhos

Querida Mesa,
Que bom que gostou!! Faça que apesar de simples é bem gostos!
Beijinhos

Andrea queridissima,
Que bom sua visita novamente!! As lembranças são deliciosas mesmos, relembrar é sentir novamente as emoções da infancia. Foi uma oportunidade maravilhosa que a Mari me proporcionou.
Muitos beijos

Amiga querida, Nana,
Amei o convite de participar do intercambio!! Obrigada pela confiança, espero não fazer feio.
Esta mais do que aceito!!
Muitos beijinhos

Gina minha linda,
Fiquei super-feliz por vc ter postado a brincadeira do dia das crianças. Fechou a brincadeira com chave de ouro!!
Que bom querida!!
Beijinhos

Ju disse...

Gostei desse desafio,me interessou mto,legal ...bjs!!!!!

Odete disse...

Neyma, que bom que seu menino ja esta bem. Saude eh o bem mais precioso que temos.
Muito bom relembrar a infancia e as gostosuras preparadas por nossas avos.

Beijos p/ ti e pro filhinhho

Neyma disse...

Ju querida,
Pena que o mes ja esta terminando e demorei muito para postar esta deliciosa brincadeira, pois poderia passa-la para vc.
Na proxima não me esquecerei.
Beijinhos

Odete minha linda,
Muito obrigada pela preocupação com meu filho, ele agora esta bem, mas correu o risco de perder o rim.
Relembrar a infancia foi a parte boa disso tudo. Lembrar de coisas que estavam guardadas la no fundo e vieram a tona junto com sensações deliciosas daquela epoca.
Muitos beijinhos

VOVÓ CRISTINA disse...

Adorei essa dica, e adorei seu blog tb, já coloquei seu endereço nos meus preferidos, espero sua visita.Beijos da vovó.